sábado, 31 de dezembro de 2011

2011…

Oh ano chato!!

Em 2011 minha vida esteve muito agitada, mas de uma forma não muito legal… Nunca terminei um ano com a mente tão cansada e com o corpo estressado.

O fato mais difícil foi a piora na saúde do meu pai. Ele entrou na terceira fase do alzheimer, teve várias quedas, machucados, fez uma cirurgia para retirada de um coágulo cerebral, depois se intoxicou com excesso de medicação que minha mãe lhe deu e atualmente ele está internado no hospital, prostado, com uma febre que vem e volta, infecção e todas as dificuldades que a situação gera.

Esse ano também perdi minha gatinha, que provavelmente foi morta por alguém que estava matando gatos no bairro.

Com relação ao amor, foi um ano de guerra… um ano inteiro praticamente preso à uma relação que nunca existiu mas que acabou com minhas energias. Terminou da forma mais ridícula, com um grupo de pessoas falsas e más, algumas delas que dizem ser amigos até hoje, armando um “plano infalível” pra tentar acabar comigo (virou novela!!hahaha), com direito a gravação escondida e tudo!! Como sempre fui sincero e íntegro, não adiantou nada para me atingir, mas foi importante para que eu aprendesse uma lição: devo manter pessoas medíocres e que não acrescentam em nada bem longe da minha vida. E também que não adianta tentar ajudar quem não quer ser ajudado, cada pessoa tem seu tempo e não devemos desrespeitar isso…

Outros amores vieram rapidamente… e se foram mais rapidamente do que chegaram… Mas isso é de praxe…

ENGORDEI UNS 8 QUILOS!!! ahahahahaha

Quero deixar todas essas coisas ruins em 2011, não quero levar nada de ruim nesse novo ano. Vou só pensar positivo e confiar. Apesar de tudo de ruim que aconteceu nesse ano, vários pequenos milagres aconteceram em minha vida também, e essas coisas positivas que aconteceram anularam um pouco as negativas.

Quero olhar para 2011 e lembrar das coisas boas: amadureci muito, desenvolvi muito minha espiritualidade, me aproximei ainda mais de Deus e da santidade, aprendi muita coisa legal, passei ótimos momentos com minha família, conheci pessoas legais e que se tornaram ótimas amizades, consegui separar um pouco melhor o joio do trigo das minhas amizades, brinquei mais, levei a vida menos a sério quando preciso, tive hombridade quando necessário, me respeitei mais, me amei e amei mais, perdoei mais e meditei e orei mais para corrigir o que precisava e melhorar ainda mais as qualidades.

Uma coisa não mudou: continuo um louco, ingênuo, criativo, amoroso, ético e bobo, que faz as maiores loucuras que o coração ou a razão pedem.

Sorrir sempre e pensar sempre no melhor. Ser positivo, esse é o melhor caminho.

Adeus 2011.

Seja Bem-vindo 2012!!!

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Notas sobre minha jornada…

foto-gatos-filhotes-02

As últimas semanas foram bem pesadas em casa, um monte de problemas familiares pra resolver. Tudo está se encaminhando da melhor forma possível.

Hoje fiquei muito feliz comigo. Minha irmã me ligou desesperada sem saber o que fazer, liguei para minha mãe e ela estava mais desesperada ainda e eu consegui conversar com elas e as acalmar. Tem horas que a gente tira força não sei da onde e na mesma hora o universo retribui sua coragem apontando caminhos e saídas.

Os problemas ainda existem, mas encontramos bons caminhos para seguir, para que ao final deste desgaste todos estejam bem e em harmonia.

Há uma semana atrás eu chorava na eminencia de um fim. Hoje sorrio com a certeza de um recomeço.

PS: aos poucos minha criatividade está voltando, e o desejo de escrever e de viver minha arte vai renascendo.

Agradeço a Deus, a todo o Universo, por toda ajuda dada e pelos amigos que me deu e me dão suporte, tanto os velhos quanto os novos. Agradeço também aqueles que me traíram justamente nesse meu momento tão delicado. Não adiantou, continuo firme e em pé.

Rosa para sempre ecoa em meu ser: “Carece de ter coragem. Carece de ter muita coragem…”

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Desenhos

Com essa história das pessoas colocarem foto de desenhos no perfil do Facebook aconteceu uma coisa curiosa: o meu blog deu um salto no número de acessos graças aos meus posts de desenhos favoritos. Isso me fez lembrar que preciso terminar de publicar essa série, graças a ela meu blog manteve a audiência estável nesse período que fiquei sem publicar nada e recebi alguns recadinhos legais de pessoas com saudade dessas animações que marcaram a nossa infância. Isso sem contar que é difícil encontrar informações sobre a maioria desses desenhos, lembro que alguns tive que rebolar pra encontrar coisas interessantes e novas.

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Notas…

sowa 2

Hoje fui ao oftalmo fazer minha consulta de rotina para ver a quantos anda minha miopia. Tive uma boa notícia, ela diminuiu nos dois olhos, no direito acabou meu astigmatismo e só no esquerdo houve aumento de 0.5 de astigmatismo. E para escrever isso está difícil, porque estou com a vista embaçada ainda por conta do colírio.

Essa semana não trabalho, então estou aproveitando meu descanso na casa de meus pais. Meu pai tá bem, andou meio febril no fim de semana passado mas já está bem, está com uma boa aparencia e uma carinha boa.

Estou fazendo uma oração todos os dias essa semana para serenar minha mente, diminuir minha ansiedade, ter paciencia e para perdoar pessoas que me fizeram mal. Estava passando muito tempo revoltado e ocupando minha mente com pessoas que me magoaram, então resolvi que a melhor coisa a se fazer é perdoar e desejar o melhor para elas, porque eu confio nos meus sentimentos, minhas ações e minha palavra, então entrego tudo nas mãos de Deus, se as coisas são assim são para o meu crescimento, e essas pessoas não sabem o que fazem e o quanto ferem, e eu não posso retribuir com a mesma moeda, isso só pioraria, então entrego nas mãos divinas e toco meu barco pelo mar da vida.

Estou muito feliz porque estou crescendo muito espiritualmente, vivendo coisas e experiências muito boas e iluminadas que me dá mais confiança e alegria por estar no caminho certo.

Engraçado, estou escrevendo isso com a TV ligada na sala e estou escutando o programa que está passando, e o que estão falando lá bate com o que estou pensando, como se estivessem lendo minha mente e respondendo para mim. E estão, acredito que essa é uma das formas de Deus falar conosco. É preciso estar sempre atento…

Bom feriado, feliz dia das crianças e que a Mãe Aparecida ilumine o coração de todos os brasileiros, em especial aqueles que estão gelados.

quinta-feira, 6 de outubro de 2011



Em minha infância eu era uma criança muito quieta e calada. Se alguém tentava falar comigo, me encolhia ou me escondia. Vivia literalmente agarrado à saia da minha mãe, mais precisamente nas suas pernas, sempre que alguém mexia comigo. Lembro de uma vez em que voltava para casa com minha mãe e vários carroceiros brincaram comigo, eu sentia tanta vergonha que levantei o vestido da minha mãe para me esconder debaixo dela, deixando-a completamente constrangida.

Conversei com minha mãe agora mesmo e ela lembrou que era muito difícil saber se eu estava doente. "Você era um menino muito quieto, calado, era preciso adivinhar o que você tinha, se você tinha. Tentava uma coisa, remédio, chá, mas era dificil ter certeza do que você tinha e se estava melhor. Eu tive que aprender a te endender. Quando entrou para a escola as coisas pioraram, era mais difícil ainda. A professora falava, você falava muito pouco, e quando falava não dava para entender o que era. Lembro que pra saber que você tinha problema nas vistas foram meses até descobrir".

Lembro que na minha infância eu estava sempre no hospital ou pronto-socorro, era muito doente naquela época. Mas agora com isso que a minha mãe disse, entendi que muitas vezes ela me levava achando que eu estava doente e na verdade eu não deveria estar. E por causa disso minha irmã na época brigava comigo dizendo que eu fingia que estava doente, e quanto mais ela brigava, mais medo eu tinha de dizer que passava mal, com medo de acharem ruim ter que me levar novamente ao hospital.

Lembrei disso depois de uma conversa que tive com uma amiga essa semana, eu ainda sou um pouco assim, não com doença, mas com meus sentimentos. Eu me fecho em meu mundo, e nunca digo o que quero dizer. Em alguns casos ainda sou como era na infância, em outros não.

Mas não reclamo disso, é uma coisa que tenho consciencia e tento melhorar aos poucos, e tenho conseguido. De 2009 para cá melhorei muito, aos poucos vou conseguindo me expressar melhor. Mas acho que é isso que desperta essa minha vocação artística, meu dom de escrever e me expressar pela arte. Eu posso não conseguir falar muita coisa, mas consigo escrever de alguma forma. Se o mundo vai entender eu não sei, mas eu fico feliz.

Essa é minha natureza. E gosto de mim dessa maneira...

Retorno

Nossa, quanto tempo sem postar... as palavras meio que escaparam dos meus dedos, ando meio desmotivado a escrever, e não só aqui, mas nas minhas redes sociais também.
Não que eu não tenha o que falar, tenho até muito, mas quando penso em escrever, tudo some...
Eu até sei o que tem me feito isso, e é por esse motivo que retorno a escrever, preciso me reencontrar e só pela escrita acho que conseguirei. Escrever me desperta, me alegra, me dá confiança e exorcisa muita coisa ruim que possa me incomodar.
E eu amo vocês, meus silenciosos leitores que mesmo sem publicar nada novo, vira e mexe aparecem por aqui para reler alguma coisa que escrevi. E também amo aos leitores falantes que sempre me escrevem.
Vamos lá...

sexta-feira, 8 de julho de 2011

sábado, 18 de junho de 2011

Amor em tempos de guerra

amor

Uma das fotos mais belas do ano!! Aquele tipo de foto que entra para a história…

Em meio ao caos, o rapaz deita ao lado da namorada, que foi empurrada e se feriu, e a beija para acalmá-la.

Amor em estado puro… essa imagem me deixou feliz, espero que te deixe também…

Confira a história toda neste site.

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Adeus Tayla...

Hoje liguei para minha mãe e fiquei sabendo que minha gata Tayla foi morta por algum covarde... Tô com o coração apertado, ela era muito querida por todos em casa, brincava e cuidava do meu pai, amava minha mãe, tava sempre seguindo ela, esperando na porta, e sempre me recebia com carinho em cada regresso meu...

Triste... :´(

Tchau Tayla... Te amo e sempre te amarei, obrigado por todo carinho e amor, principalmente nos momentos em que eu estava triste e você me alegrava...

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Vive-se apesar de...



“Uma das coisas que aprendi é que se deve viver apesar de. Apesar de, se deve comer. Apesar de, se deve amar. Apesar de, se deve morrer. Inclusive muitas vezes é o próprio apesar de que nos empurra para a frente.

Foi o apesar de que me deu uma angústia que insatisfeita fui a criadora de minha própria vida. Foi apesar de que parei na rua e fiquei olhando para você enquanto você esperava um táxi. E desde logo desejando você, esse teu corpo que nem sequer é bonito, mas é o corpo que eu quero. Mas quero inteira, com a alma também. Por isso, não faz mal que você não venha, esperarei quanto tempo for preciso”

Clarice Lispector

Boa semana!!!

sábado, 30 de abril de 2011

Estrada…

Tô cansado de tanto viajar, estar em lugares diferentes durante a semana é legal, mas ficar tantas horas na estrada cansa muito…

########################################

No começo do ano tirei o tarô para avaliar os primeiros 6 meses do ano e no aspecto família ele disse que seria muito tenso e com vários problemas. Não acreditei porque estávamos bem. Mas na verdade as tensões apareceram, não são graves, mas incomodam. Então quando estou em Passos, minha mente fica cansada…

########################################

Tem uma coisa que não se resolve de jeito nenhum. Eu não posso fazer mais nada, só esperar… Mas como é difícil esperar… Mas tive um sinal indicando que essa semana que começa terei boas novas… Amém!!

Torçam por mim!! ;)

########################################

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Atualização...

Sábado último realizei um exercício de meditação que me provocou sensações e impressões diferentes. Não consigo explicar em palavras o que vivi, mas foi interessante. Ao dormir, tive um sonho muito importante também, ele me provocou e fez despertar em mim algumas reflexões sobre meu modo de agir e viver que eu evitava antes. Descobri que eu me saboto, e que só depende de mim mudar isso... E estou disposto a essa mudança... Vamos ver que Rubens sairá disso...

Sobre meus planos do primeiro trimestre: eram 3, iniciei o primeiro (que devo terminar no fim de abril), iniciei o segundo (com muitas turbulências, o que vai dar não sei ainda...) e o terceiro somente após o fim do primeiro, ou seja em maio.

Planos do segundo trimestre: Iniciar o terceiro plano do primeiro trimestre e finalizar o segundo. Tá bom porque meu trabalho e mestrado já me ocupam demais...

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Carta para Deus

Quinta-feira escrevi uma carta para Deus, escrevi mesmo, num caderno, não é metáfora. Escrevi e botei várias perguntas, agradeci algumas coisas e disse o que pretendia fazer na próxima semana, pedindo orientação e apoio Dele.

Na sexta, uma amiga me contou um sonho que teve comigo, todo cheio de símbolos. Comecei a achar que era já alguma resposta. Depois que ela me contou fomos para uma festa de aniversário, onde a aniversariante ganhou um presente e uma mensagem. A mensagem foi lida para todos, o rapaz que leu disse que era destinada para todos, que era uma carta de Deus!

Escrevi uma carta pra ele, com cabeçalho e tudo, e no dia seguinte já veio literalmente uma resposta!

Ontem minha amiga me mandou um e-mail dizendo que teve outro sonho, com mais símbolos. Mais respostas…

O difícil é entender esse simbolismo…

Mas as ideias vão se clareando aos poucos, sei que essa semana é decisiva. Preciso resolver algo que ficou pendente em 2010 e até hoje me consome. Tenho até dia 3 para resolver isso. E vou resolver…

O que virá depois não sei, mas estou tranquilo porque estou confortado agora, diferente de 2010.

Só sei que depois do dia 3 poderei finalmente começar o meu 2011…

sábado, 26 de fevereiro de 2011

O cão e a borboleta

Quinta passada comecei meu expediente noturno como faço todos os dias e encontrei um cachorrão preto deitado perto da minha sala. Ele sempre dorme ali e até coloquei nome nele: Bauduco.

Nessa quinta resolvi brincar com ele, ele é mansinho e estava muito carente, ficou muito feliz. Chamei ele pra me acompanhar e ele me acompanhou, seguindo meus comandos. Levei até na frente da biblioteca e o apresentei para alguns funcionários. Depois gritei: “Vamos Bauduco, vamos voltar ao trabalho”. Ele levantou e saiu correndo na minha frente, dando pulos de alegria, muito pimpão.

Ele ficou na minha sala um tempo dormindo e depois foi embora. Quando ele quiser ele volta, sempre volta…

E na hora de ir embora fui despedir das funcionárias e uma borboleta pousou no meu braço. Deixei, não espantei, queria ver quanto tempo ela ficaria.

Ela foi comigo, grudada nos pelos do meu braço, até minha casa. E olha que eu fui a pé, no caminho parei em um trailer de lanche… ficou 15 minutos no meu braço, só saiu quando entrei no meu quarto e acendi a luz, na hora ela voou pra ela.

Estou cercado por bichos no meu trabalho, é incrível!! E são todos carinhosos comigo!! Depois que até uma coruja entrou na minha sala e ficou olhando admirada pra mim, não duvido que ainda apareça um cavalo, um leão, um jacaré…ahahahaha

PS: devia ter jogado no bicho, nem me toquei…ahahahahaha

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Início de semana

É engraçado ler algum post meu onde comento sobre algo que fiz mas não digo o que, porque depois nem eu mais lembro o que aconteceu...

As aulas só recomeçam semana que vem mas estou com a cabeça quente pela quantidade de coisas a resolver, levando em conta todas as limitações do presente aqui na biblioteca. Dá uma vontade de dar uma panelada na cabeça de alguém quando fala que na biblioteca a gente não faz nada, que é um trabalho fácil...

Mas está dando tudo certo, isso que importa!

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Janeiro...

Mês de janeiro costuma ser um mês tranquilo em uma biblioteca universitária, quase não aparece ninguém ao longo do dia. Por isso, janeiro é um ótimo mês para realizar mudanças, remanejamento de livros e planejamento das atividades do ano.

É o que estamos fazendo atualmente em nossa biblioteca, arrumando tudo agora pensando no futuro.

Sinto falta do movimento, é verdade. Sem os alunos, o tempo parece não passar nunca, principalmente a noite. E também está estranho no alojamento onde moro por não ter quase ninguém.

E tenho feito alguns planejamentos para minha vida também. Existem 3 coisas que pretendo por em prática nesse primeiro trimestre, sendo que a terceira depende do sucesso da primeira. Amanhã darei o pontapé inicial na primeira e em fevereiro na segunda.

A única certeza que tenho é que tudo dará certo. Estou tão certo e determinado como nunca antes. E fora isso tenho um monte coisa pra fazer que não posso deixar de lado.

Até mais!